22 de set de 2009

QUAL A ORIGEM DAS FAMÍLIAS BRASILEIRAS CHEFIADAS POR MULHERES?

Segundo pesquisa feita em agosto de 2006 pelo IBGE, 30% das trabalhadoras brasileiras são as principais responsáveis pelo sustento financeiro da casa.
Tipicamente, essa é uma mulher de seus 40 anos que, na metade dos casos, mora sozinha com os filhos.
Essa mulher na maioria dos casos está como chefe de família porque:
.ficou viúva de marido vivo;
.ficou viúva de marido morto;
.teve uma gravidez indesejada;
.o marido saiu de casa;
.fugiu da violência doméstica;

.anulou o casamento;
.se separou;
.se divorciou.
Na Bíblia Sagrada, em Mt. 19.06b, está escrito "Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem" ou a mulher [grifo nosso].
Acontece que há casamentos que, mesmo tendo recebido a bênção de Deus, não foi Deus quem ajuntou o homem e a mulher.
Foram casamentos que aconteceram porque:
. um homem ou uma mulher era considerado "um bom partido";
. um grupo de amigos e amigas disputou quem seria o primeiro e/ou o último a se casar;
. um grupo de amigos e amigas apostou quem conquistaria um homem ou uma mulher;
. o homem ou a mulher fugiram da violência da família de origem;
. um "profeta"ou uma "profetisa" simulou uma ordem divina;
.um "pastor" ou uma "pastora" determinou com quem um homem ou uma mulher se casaria;
. um homem ou uma mulher foi coagido a se casar.
São as sociedades conjugais que terminam pela anulação do casamento, pela separação judicial e pelo divórcio; dando origem ao tipo de famílias brasileiras chefiadas por mulheres.