9 de mar de 2015

MULHERES PROTESTANTES, FOI PARA A LIBERDADE QUE JESUS CRISTO NOS LIBERTOU!


HOJE É O DIA INTERNACIONAL DA MULHER!

08/03/2015

HOMENAGEAMOS A DEUS COM AÇÃO DE GRAÇAS pelas igrejas dos protestantismos histórico, pentecostal e neopentecostal que começaram a ceder a luta das mulheres protestantes denunciando a forma como oprimem as mulheres (Cl. 2. 18 – 23) , em que a opressão se manifesta através da:
• obrigação de só usar vestidos e/ou saias longas que não mostrassem os tornozelos;
• obrigação de só usar vestidos e/ou blusas de mangas compridas que não mostrassem o “ossinho” do pulso;
• obrigação de usar anágua por baixo das saias e/ou combinação por baixo dos vestidos;
• obrigação de só usar sapatos fechados;
• obrigação de só usar meias grossas;
• proibição da prática de esportes;
• proibição da prática do lazer;
• proibição de depilar as axilas e as pernas;
• proibição do uso de sabonetes, desodorantes, perfumes;
• proibição de pintar as unhas das mãos e dos pés;
• proibição de usar maquiagem;
• proibição do uso de roupas da moda;
• proibição de cortar o cabelo;
• proibição do uso de jóias;
• proibição de acessórios, etc.
HOMENAGEAMOS A DEUS COM LOUVOR pelas igrejas dos protestantismos histórico, pentecostal e neopentecostal que, apesar das mulheres continuarem sendo oprimidas por essas “doutrinas de mulheres e de homens”, algumas igrejas também já cederam em alguns pontos, a luta das mulheres protestantes denunciando a forma como oprimem as mulheres (I Pe. 5. 1 – 4), promoveram alguma abertura, porém ainda acontecem aberrações como:
• a proibição de que a mulher protestante cante, ore, toque, leia a Palavra de Deus, etc., no púlpito da igreja, de calça comprida, quando pode assistir ao culto na nave do templo, usando esse mesmo traje;
• a proibição de que a mulher protestante cante nos corais e toquem na orquestra da igreja de calça comprida, sendo que podem prestar esse mesmo serviço para Deus na nave do templo, com o mesmo traje;
• a proibição de que as mulheres protestantes se depilem com cera “por ser pecado”, mas podendo se depilar com gilete “por não ser pecado”;
• a proibição de os diáconos servirem a Ceia do Senhor a mulheres protestantes de calça comprida, quando às mesmas é permitido assistir ao culto com esse traje;
• a proibição de que uma pastora ministre a Palavra de Deus por estar com um terninho de calça comprida;
• a proibição de que uma mulher protestante ocupe um determinado cargo na igreja por usar calça comprida, por usar vestidos e blusas sem manga, por ter cortado o cabelo, por usar jóias, por pintar as unhas das mãos e dos pés, por usar batom, etc., quando é permitido a essa mesma mulher assistir aos cultos, na nave do templo, usando esse mesmo traje e apetrechos, etc.
HOMENAGEAMOS A DEUS COM ADORAÇÃO pelas igrejas dos protestantismos histórico, pentecostal e neopentecostal que cederam a luta das mulheres protestantes denunciando a forma como oprimiam as mulheres e, essas mulheres, já vivem o efeito igualador do Evangelho do Reino de Deus, por terem os mesmos direitos que os homens sempre tiveram na igreja (Gl. 3.23 - 29), tais como:
• se filiarem as convenções, concílios, confederações, federações, conselhos, etc., de igrejas e de pastoras e pastores;
• serem ordenadas diaconisas, presbíteras, evangelistas, pastoras, bispas, apóstolas, etc.;
• ministrarem a Palavra de Deus como pregadoras, palestrantes e conferencistas em cultos públicos, congressos, seminários, etc.;
• decidirem com que roupa, sapato, jóias, maquiagem, acessórios, perfume, etc., vai a igreja homenagear a Deus com Ação de Graças, Louvor e Adoração, etc.;
• ocuparem cargos de presidenta, vice-presidenta, secretária, tesoureira, conselho fiscal, nas diretorias das igrejas, etc.;
• ocuparem cargos nos departamentos das igrejas, tais como: líderes da diaconia, do presbitério, do evangelismo, do pastorado, do episcopado, etc.;
• presidirem igrejas;
• dirigirem congregações;
• se candidatarem a cargos nas convenções, concílios, confederações, federações, conselhos, etc., de igrejas e de pastoras e pastores;
• ministrarem Casamentos, Ceia do Senhor, Batismos, etc.

No Dia Internacional da Mulher HOMENAGEAMOS A DEUS COM AÇÃO DE GRAÇAS, LOUVOR E ADORAÇÃO porque já li a Bíblia Sagrada várias vezes com o foco nas mulheres e, nem no Antigo Testamento nem no Novo Testamento encontrei alguma fundamentação teórica ou fundamentação bíblica, que justificassem a opressão a que estavam, estão e estarão submetidas as mulheres dos protestantismos histórico, pentecostal e neopentecostal, se elas continuarem se dobrando a um jugo de escravidão imposto por “doutrinas de mulheres e de homens” (Gl. 4.1).

(Profª. e Prª. Wall – Waldicéia de Moraes Teixeira da Silva)